Recurso Pedagógico: Como fazer um Tapete ou Painel Sensorial

Na educação infantil é muito importante o trabalho com os sentidos das crianças. O contato com texturas, cores, formas e materiais diversos desenvolve e aprimora a percepção das crianças acerca de suas habilidades sensoriais e sua relação com o mundo, além de ampliar o repertório de imagens, elementos, vocabulário, entre outros.

O tapete ou painel sensorial é um recurso pedagógico que contempla todos estes objetivos, e pode ser utilizado de diversas formas, dependendo da criatividade do professor.

Há um ano fiz um tapete sensorial para a Creche onde trabalho, que ficou muito bacana (ilustração ao lado). A escola tinha um acervo bem grande de sucata, então produzi-lo não foi nada difícil. Ainda contei com a criatividade e mão de obra da também pedagoga Ingrid Batista, reduzindo o tempo de produção do mesmo.

Para montarmos o tapete da ilustração, utilizamos:

  • 2 caixas de papelão desmontadas grandes (eram de carrinhos de bebê)
  •  revistas velhas
  •  caixas de ovos
  •  lã
  • agulha
  • tesoura
  • cola quente
  • cola branca
  • estilete
  • folhas de papel canson A4
  • fita silvertape
  • milho
  • penas/plumas de fantasia
  • retalhos de tecido
  • espuma de colchão
  • plástico bolha
  • tinta guache
  • estrelinhas
  • algodão
  • retalhos de tule
  • pedaços de lixa
  • pedaços de eva
  • canudos
  • papel alumínio
  • resto de lona plática transparente
  • linha de nylon grossa (0,45 ou 0,50)

Como fizemos?

  1. Nosso objetivo era fazer um tapete fofo e grosso, então primeiro desmontamos as caixas e empapelamos todo papelão a fim de unirmos as partes dos cortes de cada caixa. Para o empapelamento, rasgamos as revistas e colamos os pedaços, sobrepondo-os com cola branca diluída em água para render mais.
  2. Enquanto os dois papelões secavam, pegamos as caixas de ovos e pisoteamos para nivelar. Em seguida, colamos com cola quente em cima de um dos papelões eleito como base do tapete (parte de baixo). Colamos as caixas em todo o papelão, sem deixar buracos.
  3. Depois disso, colocamos por cima o outro papelão e com a agulha grossa e a linha de nylon, alinhavamos as bordas do tapete. Isto deu um trabalhão, considerando que o mesmo ficou bem grosso. É possível selar as bordas / extremidades com a própria fita silvertape.
  4. Após unirmos e selarmos o tapete, pintamos os dois lados com tinta guache azul. Utilizamos aqueles potes grandes da acrilex e os recomendamos, pois são bem fortes e 2 aplicações bastaram para deixar a pintura uniforme.
  5. Enquanto o tapete secava, separamos 15 folhas de papel canson A4 e reproduzimos ou aplicamos em cada folha texturas e materiais diversos. 
  6. Depois de prontas, é só dispor e colar no tapete com cola quente da forma que achar melhor.
  7. Como havia um pedaço de lona transparente grande, o utilizamos para impermeabilizar o tapete, fazendo recortes nas áreas com as texturas.
  8. Para finalizar, utilizamos a fita silvertape nas bordas do tapete como um todo e dos painéis com as texturas, para fixar a lona e dar um melhor acabamento para o tapete. 

Depois de pronto, o recurso ficou disponível na unidade para uso enquanto recurso pedagógico. A ideia inicial era deixá-lo em um espaço fixo, num cantinho da unidade separado para isto. Entretanto, isto não foi possível e para utilizá-lo os professores precisariam transportá-lo. Isto ficou bem inviável, devido ao peso  e ao tamanho do mesmo; precisaria ser transportado por 2 pessoas, no mínimo. Posteriormente, a equipe gestora optou por disponibilizá-lo como um painel num cantinho da unidade, o que melhorou o acesso ao recurso pelos professores e pelas crianças.

Por isto, recomendo que isto seja considerado por você na hora de reproduzir esta ideia. Pense nos objetivos, na forma e no espaço em que o utilizarão antes de produzi-lo.

Apesar das dificuldades, para os pequenos tudo é festa e novidade. Tanto o tapete quanto o painel fizeram sucesso entre as crianças, que aprenderam a apreciá-lo e fizeram muitas descobertas a partir dele.

Todas as crianças tiveram contato com este recurso, desde o berçário até os ciclos finais de educação infantil.

Sem dúvidas, é um excelente recurso pedagógico para enriquecer os planejamentos e a incrementar rotina.

Anúncios

8 thoughts on “Recurso Pedagógico: Como fazer um Tapete ou Painel Sensorial

  1. Tapete sensorial é realmente muito interessante para a Educação Infantil, pois não devemos esquecer que as crianças dessa idade aprendem com as suas próprias experiências.
    Professoras aproveitem a idéia!
    Parabéns pela dica Carol Campos…

  2. A ideia de criar recursos pedagógicos voltado à Educação Infantil é importantissimo, pois está contribuindo com o aprendizado dos nossos pequenos e futuros cidadões.
    Parabéns pela iniciativa, amei.

  3. Fiquei muito curiosa quando a professora falou sobre tapete sensorial, confesso que nunca tinha ouvido falar nesse recurso pedagógico, como estou fazendo pós-graduação em educação especial achei muito interessante, vou confeccionar um tapete sensorial e vou participar a ideia com as outras colegas e amigas pedagogas que ainda desconhecem .Parabéns pelo trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s